domingo, 26 de março de 2017

Você é obcecado pela sua imagem?


Desde muito tempo as mulheres fazem verdadeiros sacrifício para estarem de acordo com o que é bonito para sua época.
Os espartilhos é um exemplo disso, surgiu por volta do século XVI na Inglaterra,como objetivo manter a postura e dar suporte aos seios, mas no século XIX o uso de barbatanas de baleia fez com que a atenção fosse voltada para a cintura e teve início a era das cinturas minúsculas, conhecida como era Vitoriana. Os riscos incluíam pressão nas costelas flutuantes,que são fáceis de quebrar por estarem presas apenas na parte de trás com o objetivo de proteger os órgãos vitais.
Para a China antiga, o pé pequeno era sinônimo de graça e beleza. Para isso, eram amarradas tiras de panos nas pernas e nos pés das meninas de 4 a 12 anos, para chegarem a idade adulta bonitas, aumentando a possibilidade de se casar.

Até aonde vai a nossa perseguição pelo que é belo? Estudos apontam que as mulheres se dedicam cerca de 1 hora por dia à própria imagem e cerca de 60% delas tem pensamentos negativos sobre sua aparência. E um dado que me assustou bastante, 46% das mulheres acreditam que as REDES SOCIAIS aumentam sua preocupação com a aparência.
São inúmeros os casos no mundo todo de pessoas que tiveram complicações físicas por tentarem ser algo que não são, ou sofrem psicologicamente com com baixa estima, pensamentos negativos e depressão.
O desejo de mudar é influenciado por algo externo. Imagens, sons e cores prometem felicidade! A importância da aparência se distancia cada vez mais da essência.  É a forma mais que o conteúdo que comanda os principais veículos de marketing que movimentam bilhões na indústria da vaidade.
Existe hoje uma expressão muito interessante que ronda a vida das mulheres, a ruminação, que significa a incapacidade de se desligar de pensamentos negativos.

Você que leu até aqui? Se identificou com algum dado? Possui alguma distorção sobre a sua imagem? A sua obsessão pela aparência pode estar escondendo uma eventual falta de autoconhecimento e rejeição da própria personalidade. Aprenda a investir mais no seu interior mais que o seu exterior. Invista em ler um bom livro ao invés de ficar horas na internet absorvendo coisas rasas, pratique esportes para obter um corpo bonito e saudável ao invés de gastar com cirurgias plásticas, deixe o consumismo de lado, gaste seu dinheiro com as artes, um curso por exemplo.

A obsessão pela imagem traz pensamentos negativos, insatisfação com a própria imagem, e após tanto tempo e dinheiro gasto, você vai perceber que nada disso traz uma verdadeira felicidade.
Fazer atividades que te fazem crescer intelectualmente te incentiva a pensar positivo, a ter ideias otimistas e inspiradoras, proporciona novas habilidades e autoconhecimento.

Saiba que sua imagem é uma pequena parte da sua identidade!

"Vocês querem aproveitar a vida? Querem viver muito e serem felizes? Então procurem não dizer coisas más e não contem mentiras. Afastem-se do mal e façam o bem, procurem a paz e façam tudo para alcançá-lo" Salmos 34-12

"Se paz a mais doce me deres gozar
Se dor a mais forte sofrer
Oh seja o que for
Tu me fazer saber
Que feliz com Jesus sempre sou"



34 comentários:

  1. Gostamos do texto, realmente existem pessoas que são obcecadas pela imagem perfeita e querem fazer de tudo para se encaixar nos padrões impostos pela sociedade.


    Beijos



    http://onlyinspirations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá, Adorei o texto e concordo plenamente. A nossa imagem é uma pequena parte de nossa identidade. Bjs

    www.mayaravieira.com.br

    ResponderExcluir
  3. Que lindo post flor!
    bjs
    http://pinkbelezura.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Thay,
    Gostei muito do seu texto. Eu acredito, assim como você, que se afastar um pouco da internet seja um bom caminho para nós mulheres nos conhecermos melhor e trabalhar nossa confiança. Contudo, infelizmente isso não basta. Quantas vezes, ao nos desligarmos da rede, escutamos coisas como: "Você engordou'', ''O que você fez com o cabelo?'',etc, para que toda aquela antiga importância volte a aparecer. A pratica é muito difícil.
    Beijos
    http://gemanas.blogspot.com.br/
    https://www.youtube.com/gemanas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo, cabe a nós saber filtrar... é um trabalho constante sim, mas depende de você! Bjos!

      Excluir
  5. Amei seu texto, muitas pessoas sofrem com essa obsessão, confesso que durante minha pré adolescência passei por isso, hoje eu sei que cada um tem um tipo de corpo e é de um jeito único. ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  6. òtimo texto, acho que hoje em dia tem muitas pessoas preocupadas apenas com a aparência, principalmente os jovens, e se esquecendo de trabalhar a essência que é o mais importate e o que fica com o passar dos anos!
    beijo beijo

    www.caprichosdemadame.com

    ResponderExcluir
  7. Ótimo texto. Além de informativo ele ainda traz dicas de como podemos deixar de nos preocupar tanto com a aparência.
    Creio que as mulheres sempre vão se queixar de alguma coisa no seu corpo, o problema é quando isso passa dos limites né?! Beijo, www.apenasleiteepimenta.com.br

    ResponderExcluir
  8. Acho que tudo tem que ter um equilíbrio, não pode ser obsessão. Temos que nos cuidar e ter uma certa vaidade, mas sempre lembrar que a beleza maior é a que vem de dentro.

    Beijos
    Mari Dahrug
    https://www.rabiskos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. verdade flor. tudo tem que ter equilíbrio!

      Excluir
  9. Bacana demais o post ~ e o alerta ~ Thay! Especialmente nos dias de hoje, onde parece que todo mundo só se importa em mostrar para os outros o quanto a sua vida é linda e maravilhosa. :/

    Um beijo! Não Me Mande Flores

    ResponderExcluir
  10. Oi, Thay!

    Isso está mudando (devagar, mas andando), graças a mita gente como vc que publica esse tipo de post, faz propagandas mais "reais" e deixa de viver para o "público" e passa a viver para si mesmo.
    Palmas para os verdadeiros influenciadores de beleza, da beleza verdadeira.

    Beijocas.
    http://www.vaigarota.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada flor, fico mto feliz com seu comentário!

      Excluir
  11. Nossa que post incrível, falou tudo, obrigada viu? Vai ajudar muita gente com esse texto.
    Um beijo linda!
    akatewillians.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Muito interessante a postagem, porque hoje em dia as pessoas tendem a ser influenciadas tanto pela imagem.. eu sou bem relaxada.. mas espero que no bom sentindo hehehe. Não sou de querer ficar buscando a perfeição...

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  13. Gostei do texto <3 Eu não sou obcecada pela imagem, mas tem muitas pessoas que são né :/ beijos
    www.blogbelezamake.com

    ResponderExcluir
  14. Realmente a busca pelo "padrão de beleza" é uma "doença" da nossa sociedade e o cômico é como ele muda o tempo todo. Quem sofria por causa de sardas na infancia hoje em dia vê pessoas até se tatuando pra ter, quem sofreu com os cabelos enrolados e armados na infancia hoje em dia vê milhares de meninas se aceitando e muitas que tem cabelo liso até invejar o que antes era desprezado. Os lábios grossos, a pele mais morena e o corpo mais volumosos hoje em dia é um padrão. Eu fico me perguntando até quando vamos passar por isso, muito triste.
    Amei o seu texto, ele me fez refletir bastante!
    http://www.corujasemasas.com.br
    Beijinhos. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom que gostou. Tbm fico me perguntando isso!

      Excluir
  15. Olá...
    ♥ Acho importante se cuidar e ser vaidosa na medida certa, mas sem exageros e sem tentar buscar a perfeição. Ótimo post amei.

    Pinkiss
    by; Renata Princess ♥

    http://renataprincess2.blogspot.com.br
    .¸¸.•.¸¸.•.¸¸.•.¸¸.♥•.¸¸.•.¸¸.•.¸¸.•.¸¸.•.¸¸.•.¸¸.•.¸¸.

    ResponderExcluir
  16. Gostei muito do seu texto, realmente algumas pessoas passam dos limites em busca do corpo perfeito.
    Mil beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com/2017/03/desejo-do-dia-o-livro-oficial-de-bela-e.html

    ResponderExcluir