segunda-feira, 3 de abril de 2017

FOODTRUCK!


Oi meninas, tudo bem?
Hoje o post é sobre uma tendência gourmet que vem crescendo no Brasil! O FoodTruck. 
Conheci há pouco tempo numa feira gastronômica itinerante que aconteceu aqui no meu bairro no Rio de Janeiro, e confesso, adorei! 
Além muitas comidas diferentes, tinha música ao vivo, bandas e opções de lazer. Perfeito para passear com a família!

# O QUE É?

Pra quem não sabe Food truck (traduzido do inglês, "caminhão de comida")[1] ou carro de comida é um espaço móvel que transporta e vende comida. Alguns, como caminhões de sorvete, vendem congelados ou pré-embalados; outros se assemelham a restaurantes sobre rodas. Alguns servem refeições específicas, como, por exemplo, tacos, kebab, hambúrguer e comida chinesa. A sua popularização, no entanto, se deu quando os caminhões passaram a servir comida gourmet.

#COMO COMEÇOU?

Era uma vez – em 1866 – um fazendeiro chamado Charles Goodnight, conhecido na internet por “pai do Texas Panhandle” e fazendeiro mais famoso da região. Segundo boatos, Charles Goodnight tinha um caráter bem “colorido” – era de conhecimento comum que ele fumava mais de 50 cigarros por dia e que aos, 91 anos, casou-se com uma enfermeira de 26. No entanto, Charles deixou para o mundo um legado particular e especial: ele inventou o food truck original, chamado vagão de mandril, e foi responsável pelo grande boom da comida de rua. Nos anos 1950 viram o nascimento do caminhão de sorvete. Em seguida, carrinhos de comida começaram a aparecer fora das Bases do Exército dos EUA e em locais de construção. Caminhões de batatas chips vieram no final dos anos 50, e caminhões de tacos surgiram com o aumento de imigrantes do México para os Estados Unidos, tornando-se populares em 1970. Neste período, os trucks não tinham o preço acessível, nem a cara moderninha e gourmet que nós conhecemos e amamos hoje. Eles eram básicos, “colarinho azul” e meio gordurosos.

#COMO FICOU FAMOSO?

No período de Ação de Graças – feriado popular nos Estados Unidos –  de 2008, o truck Kogi BBQ decidiu locomover-se, saindo com seu pequeno caminhão de taco coreano pelas ruas de Los Angeles.
Seu website não mente: eles fizeram detonar uma “bomba de sabor.” Porque o Kogi BBQ não têm um local fixo, eles usaram as mídias sociais para anunciar o local de parada de seu caminhão. Sua oferta era a aventura, o “diferentão”, uma proposta “além do gorduroso”, oferecendo um hambúrguer diferenciado, além de outras opções de fast food.
De repente, houve uma nova forma de desfrutar a comida de rua, e os consumidores começaram a procurar food trucks, verificando seus horários e planejando as suas refeições de acordo com a programação deles.Ecomanda

#COMO CHEGOU NO BRASIL?

Neste ano, mesmo sem crise, a febre chegou ao Brasil. Só em São Paulo, mais de 300 empreendedores pediram autorização para estacionar seus food trucks. O sucesso se repete em outros Estados. Segundo o site Food Truck nas Ruas, que ajuda a localizar os carrinhos, há opções no Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul, Bahia, Brasília e Minas Gerais. O principal atrativo para proprietários é o preço. Incluindo o valor do veículo, cozinha e montagem, um food truck custa cerca de R$ 250 mil – mais barato que abrir um restaurante. As refeições saem, em média, por R$ 20. De olho nesse mercado, muitos chefs tentam se adaptar às cozinhas apertadas. Será que eu conseguiria fazer o mesmo? Época

#ONDE ENCONTRAR NO RIO DE JANEIRO?

Pra você que mora em terras cariocas, pode acessar o FOODTRUCK RIO, lá tem informações sobre os eventos. Outro site também é o FOOD PARK CARIOCA





E aí meninas. já encontrou algum evento assim na sua cidade?
Me contem!! 
Beijos!

ATENÇÃO: Chegaram produtos novos na lojinha!!! Vai lá conferir!! ThayDreamsStore




28 comentários:

  1. Que delícia! Com certeza vou frequentar e muito os foodtrucks quando eles chegarem aqui. ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  2. Aqui no RS tem muitoooos desses! Tem até umas feiras só com eles, mas nunca comi em nenhum :O acho tão legal, de vários tipos, parecem bem gostosos x)

    Beijo!
    http://tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Aqui em Salvador não tem tantos, mas já fui em um e amei! Melhor coisa que já inventaram.
    XOXO,
    www.blogmarianapaixao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Moro no interior de São Paulo, então vai ser difícil ver um desses por aqui. Mas quero muito conhecer um, quem sabe em uma viajem ou coisa parecida, não é? Mas mesmo assim, com a crise que o país vem enfrentando, se reinventar é o melhor para toda a sociedade.
    Parabéns pelo post!
    Magia é Sonhar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. com certeza, as contas não param de vim né? Bjos! Obrigada!

      Excluir
  5. Oi Thay, aqui no Rio tem muitos agora, né? Pena que a maioria cobra o preço de restaurante, aí fica puxado... :/

    Beijo, beijo!
    Não Me Mande Flores

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho preço justo por produtos artesanais!

      Excluir
  6. Adorei o post!
    Instagram @brunaestiloitgirl
    Blog | Facebook | Twitter | Canal Youtube 
    Beeijos (:

    ResponderExcluir
  7. i love foods from foodtruck <3
    http://wooho11.blogspot.com/ - i invite <3 follow me-will respond with

    ResponderExcluir
  8. Ótimo post!
    bjs
    http://www.pinkbelezura.com/

    ResponderExcluir
  9. Aqui em São Paulo rola direto feirinhas com Food trucks, amamos esse jeito despojado de conhecer novos restaurantes e lanchonetes.


    Beijos



    onlyinspirations.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Eu tô adorando essa moda e tô louca pra ir no meu primeiro FoodTruck, mas ainda não tive essa oportunidade. Assim que tiver, vou aproveitar!
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ♥

    ResponderExcluir
  11. Aqui na minha cidade teve um encontro também, fiquei louca, queria comer tudo (a sindrome da gula em pessoa hahaha)

    Beijão,
    Desencana mina! | Boho Art Store | InstaBoho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fiquei exatamente assim Dani! haha Bjos!

      Excluir
  12. Amei o post de hoje! Essa tendência é muito criativa e interessante.
    Mil beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/2017/04/cinema-abril-2017.html?m=1

    ResponderExcluir